Páginas

domingo, 4 de junho de 2017

Fieis santaluzienses participaram da celebração de Pentecostes em Patos neste domingo (04)

Autalizado. 05/06/2017 21:39

Cerca de 100 católicos de Santa Luzia participaram, na madrugada deste domingo, 04 de junho de 2017, na cidade de Patos, da solenidade de Pentecostes.

Os fieis saíram de Santa Luzia por volta da meia noite e se dirigiram até a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no bairro Belo Horizonte, em Patos, onde as caravanas se concentravam. Um show com o padre Maciel e mais dois grupos musicais da Diocese animava a multidão que se preparava para a caminhada.

Por volta das 03h da manhã, com a presença de padres e do Bispo, a multidão de fieis saiu em caminhada até o Parque Cruz da Menina onde Dom Eraldo presidiu a celebração eucarística.

Dom Eraldo abriu sua reflexão destacando a narrativa dos Atos dos Apóstolos sobre momento em que os discípulos estavam reunidos num mesmo lugar quando, então, veio o Espírito Santo. O Bispo refletiu sobre a unidade na diversidade como condição para receber o Espírito Santo para sair em missão pelo mundo afora. "A Igreja só pode realizar a sua missão se aprender a  língua do Espírito Santo, isto é, se aprender a fala que une, que constrói e que santifica na unidade e na harmonia entre os diferentes, pois, o Espírito gera a unidade na diversidade e não suporta a uniformidade que empobrece a dinâmica do espirito, a dinâmica do amor e do serviço", frisou o Bispo.

Após a homilia dom Eraldo fez o rito de admissão às ordens sacras para candidatos ao diaconato.O Padre Alixandre chamou os estagiários Josivam Almeida, que estagia em Santa Luzia, Hugo  de França, Lucivaldo Canuto e Edvan Cabral. Em seguida o Bispo perguntou se os estagiários queriam receber a ordenação diaconal. Após a resposta dos estagiários Dom Eraldo pronunciou a oração típica deste rito.

A celebração continuou com a profissão de fé e a liturgia eucarística. A equipe litúrgica proporcionou, ao longo de toda a celebração, momentos que convidavam ainda mais à oração fervorosa.

O dia já estava claro quando a multidão que lotava o Parque Cruz da Menina participou da comunhão. No final da celebração Dom Eraldo fez agradecimentos a todos os presentes e a todos os que organizaram a celebração desde a vigília da madrugada até a celebração.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário